Artigo

Lifting de coxa: ele pode ajudar você a ter pernas mais bonitas!

Lifting de coxa: ele pode ajudar você a ter pernas mais bonitas!

Por: - Cirurgião Plástico - CRM/SC 16966 | RQE 11481
Publicado em 16/07/2018 - Atualizado 07/02/2019

O lifting de coxa é um procedimento cirúrgico que remodela as coxas, deixando aquela cruzada de pernas impecável. O excesso de pele é reduzido e, em alguns casos, um pouco da gordura do local pode ser removida. Muitas vezes, o exercício físico e a perda de peso não são suficientes para alcançar os objetivos esperados, o que torna o procedimento bastante apropriado. O resultado é muito satisfatório: uma pele mais lisa e com contornos proporcionais.

Para quem é indicado o lifting de coxa?

O lifting de coxa é indicado para pacientes com:

 

  • flacidez na região interna ou medial da coxa e/ou coxa externa;
  • peso relativamente estável;
  • saúde equilibrada, sem nenhuma patologia que possa prejudicar a cicatrização ou aumentar os riscos de complicações cirúrgicas;
  • expectativa realista ao resultado cirúrgico;
  • empenho em levar uma vida saudável e a praticar atividades físicas após a recuperação;
  • ausência do vício do fumo.

O que é preciso discutir com o médico sobre o procedimento?

É importante que o paciente se sinta completamente à vontade na hora da consulta e responda a todas as perguntas que serão feitas pelo médico, assim como é preciso expor seus reais desejos e não esconder nenhum hábito do seu estilo de vida.

 

O cirurgião plástico irá fazer questionamentos quanto ao uso de medicamentos, assim como o uso de fumo, álcool ou outras drogas. Também será perguntado ao paciente sobre as cirurgias prévias a que ele tenha se submetido, a razão pelo qual deseja fazer a operação e os resultados que deseja obter. Da mesma maneira, o médico indicará todas as opções disponíveis da cirurgia de lifting de coxa.

 

É fundamental questionar ao especialista:

 

  • de que maneira é realizado o procedimento?
  • Qual medicação será indicada após a cirurgia?
  • Quais serão os curativos e como deverão ser manuseados após o procedimento?
  • Quando os pontos serão removidos?
  • Quando será possível voltar às atividades rotineiras?
  • Quando será a consulta de retorno?
  • Qual o tempo total de recuperação após o procedimento?
  • O que fazer no dia da cirurgia (tempo de jejum, medicações e banho)?
  • O que fazer no pós-operatório?
  • Como será a anestesia?

Como é a cirurgia e o pós-operatório do lifting de coxa?

O procedimento será realizado em local seguro e confortável, tanto para o médico, quanto para o paciente. Assim, o centro cirúrgico deverá ser autorizado pela Vigilância Sanitária, guiado por uma equipe treinada para qualquer intercorrência e com equipamentos de qualidade.

 

Para o pré-operatório, algumas recomendações serão solicitadas:

 

  • caso o paciente seja fumante, será necessário abster-se do vício com antecedência à cirurgia;
  • o paciente deverá passar por uma avaliação médica criteriosa, seguida de exames clínicos;
  • ajustes de medicamentos ou exclusão de alguns deles no processo;
  • evitar o uso de aspirina, anti-inflamatório e medicamentos naturais que possam aumentar um eventual sangramento.

Pós-operatório

Após o procedimento, bandagens e curativos serão aplicados sobre as incisões realizadas. Além disso, podem ser utilizadas medidas de compressão para amenizar o inchaço e sustentar os novos contornos. Também haverá a presença temporária de um dreno, que será colocado sob a pele para drenar o excesso de sangue e fluidos que, por ventura, possam se acumular na região.

Resultados possíveis do procedimento

O lifting de coxa não tem o propósito exclusivo de remover o excesso de gordura. Dessa forma, a lipoaspiração removerá o excesso de gordura onde a pele apresenta boa elasticidade, sendo capaz de entrar em harmonia com o novo contorno do corpo, de forma natural. No entanto, caso a elasticidade da pele seja precária, será indicado pelo cirurgião uma combinação de técnicas de lipoaspiração e lifting de coxa.

 

Os resultados da cirurgia podem ser visíveis muito rapidamente, logo após o procedimento. Todavia, para que a aparência final desejada apareça completamente, é preciso esperar alguns meses. Da mesma forma, o tipo de pele e as características hereditárias do paciente também influenciarão nos resultados.

Saiba escolher o cirurgião

Os resultados também serão condizentes com a escolha certa do cirurgião. Assim, essa deve ser feita de maneira cuidadosa e consciente, assegurando-se que o especialista seja qualificado e referenciado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Material escrito por:
Cirurgião Plástico - CRM/SC 16966 | RQE 11481

Formado em medicina pela UFRGS, o Dr. Gustavo Morellato realizou sua especialização em cirurgia geral no Hospital de Clínicas de Porto Alegre e em cirurgia plástica pelo Hospital Universitário UFSC. É membro especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).  Ver Lattes

Pré-Agendar Consulta

Preencha o formulário e consulte o Dr.Gustavo Morellato para agendar um procedimento ou uma consulta para tirar suas dúvidas.